Chanel Resort 2018

Para apresentar o Resort 2018 da Chanel Karl Lagerfeld levou sua audiência fashionista para a Grécia Antiga! Para ser mais específica,  a locação do desfile foi um Elysian “na mitologia clássica, o paraíso reservado aos heróis imortalizados pelos deuses”, uma ruína grega.

Em uma nota, o Kaiser falou sobre a inspiração por trás da coleção: “Os critérios de beleza na Grécia Antiga, e em seguida, Clássica ainda é verdadeira. Nunca houve representações mais belas das mulheres. Ou mais belas colunas. Toda a Renascença, de fato, era baseada na antiguidade.”

Segundo a Vogue Americana, “Lagerfeld era uma Grécia antiga imaginada no presente sem pretensões ao literal”.  Isso porque as roupas foram inspiradas na Grécia antiga e tinham o ar clássico da Chanel  mas ao mesmo tempo eram muito atuais.Entre os 86 looks haviam vestidos de deusa de malha, conjuntinhos de tweed e couro, suéteres estampados e saias plissadas ou com babados, um pouco de transparência com renda, estampas de flores douradas, muitos bordados brilhantes e listras. As peças vieram em tons pastéis, terrosos, verde, laranja, amarelo, azul, of white, preto e nude.O beachwear estava incrível! Uma modelo usou um biquíne branco tomara-que-caia de cintura alta e a outra um maiô preto, ambas com saída de banho estampada e transparente por cima.Obviamente não poderiam faltar as sandálias gladiadoras – que vieram seguindo a cartela de cores do desfile –  headbands, braceletes, brincos e amontoados de colares, a maioria com muito ouro e prata. Ele também fez luvas – algumas com tiras de couro e outras bordadas com pedras brlhantes – bolsas saco, clutches e uma tiracolo bicolor.Fotos: Vogue.

Resenha Do Livro: O Pequeno Príncipe

Com certeza você já deve ter ouvido falar ou até mesmo lido O Pequeno Príncipe, um clássico da literatura, recomendado para todas as idades. Eu ainda não tinha lido, e quando eu vi essa edição de luxo, comprei e me surpreendi. Sempre achei que iria ser como outro livro infantil, mas a escrita de Antoine de Saint-Exupéry é incrível.

“Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seu valores e encontram o sentido da vida.” 

O curioso é que o livro foi escrito durante o período da Segunda Guerra Mundial, visto que Saint-Exupéry, participou em pessoa da guerra como piloto da sua amada França. Eu não vou prolongar muito a resenha, porque esse livro, só lendo pra entender.Como eu disse a minha é uma edição de luxo, publicada pela editora Geração, o livro é de capa dura. E conta com nova tradução, fotos e estudo sobre a vida e obra do autor. Recomendo muito!

O Vintage Pop Italiano

As décadas passadas estão na moda! Basta uma olhadinha rápida nos desfiles das últimas temporadas, red carpet, street style e fotos no instagram para perceber isso. As grifes italianas Gucci, Prada e Bottega Veneta são as responsáveis por essa onda.

Prada SS17

As criações de Alessandro Michele são as que mais fazem sucesso. Desse que ele entrou na Gucci vem combinando várias épocas diferentes nas coleções. Miuccia Parda misturou sportwear com vintage no verão 2017 da Prada. No show da Bottega Veneta, Gigi Hadid e Lauren Hutton desfilaram juntas unindo duas gerações. Já a clutch de intrecciato da marca, que foi sucesso nos anos 80, foi batizada de The Lauren 1980 e vai voltar a ser comercializada.

Gucci SS17

O estilo vintage está definitivamente conquistando todo mundo. De editoras de moda à celebridades e estrelas do rap, independente da idade e do gênero, todo mundo está revivendo o passado de uma maneira bem atual e pop.

Bottega Veneta SS17