I Decided.

I Decided. é o quarto album de estúdio do rapper Big Sean, lançado em Fevereiro de 2017 pelas gravadoras GOOD Music e Def Jam Recordings. Foi produzido pelo próprio Sean e também Kanye West, Metro Boomin, DJ Mustard, DJ Dahi e outros. Ele conta com a participação de vários cantores e rappers respeitados como Eminem, Jeremih, o grupo Migos, The-Dream, Flint Chozen Choir, Starrah e Jhené Aiko (nos créditos aparece “Twenty88”, que é o nome da dupla de RAP/R&B que eles formam). Pelo título e capa já dá para ter uma ideia sobre sobre o que o album é. Ele falou sobre isso: “O conceito do álbum é este sou eu e esta é uma versão mais antiga de mim, é paralelo um com o outro. O nome do álbum é “I Decided.” Percebi que toda a minha vida mudou quando eu decidi. Eu sinto que a vida é sobre tomar decisões certas em qualquer momento, ou as erradas. Então, o álbum é basicamente como ter essa sabedoria de um velho enquanto você é jovem passando pela vida e descobrindo.”

Esse album é muito pessoal e às vezes sentimental. Até as músicas mais animadas passam uma mensagem e isso é muito bom. No geral ele rima sobre sucesso, sonhos, família, crenças, as decisões que você toma na vida,os sacrifícios que temos que fazer para alcançar o que desejamos e problemas do mundo atual, como racismo e a violência doméstica e policial.Os singles são Bounce Back, que fala sobre cair e dá a volta por cima; Moves, uma das faixas mais animadas, tem uma batida muito boa; Light é sobre as realizações e dificuldades, como a discriminação racial, que o levou ao sucesso. Confiram abaixo os videoclips de Halfway Off The Balcony e Jump Out The Window.

Halfway Off The Balcony

Aqui ele rima sobre as coisas que importam de verdade na vida.Empregos não são só sobre o dinheiro, relacionamentos não são apenas sobre sexo, e sobre o amor que supera tudo.”

• Jump Out The Window

Em Jump Out The Window, uma amiga do Sean está presa em um relacionamento abusivo, ele vai fazer de tudo para salva-la e talvez conseguir uma chance com ela.

• No Favors feat. Eminem

Em No Favors, Sean joga na cara do mundo que para chegar no topo do jogo do rap ele não precisou de favor de ninguém.

Já Eminem veio com um flow diferente nessa música, obviamente polêmica, já que ele expõe sua opinião sobre política. O verso fica “obscuro” quando Slim Shady entra. Ele cita várias personalidades americana como Fergie, Jamie Lee Curtis, Ann Coulter e Donald Trump.

Para finalizar eu quero deixar um shout out para o flow do Big Sean e para Metro Boomin, que fez a batida de Voices In My Head/Stick To The Plan. Para quem quiser ouvir e entender todas as músicas, no site genius.com você encontra absolutamente tudo sobre esse album e vários outros.

Anúncios

Resenha Do Livro: O Pequeno Príncipe

Com certeza você já deve ter ouvido falar ou até mesmo lido O Pequeno Príncipe, um clássico da literatura, recomendado para todas as idades. Eu ainda não tinha lido, e quando eu vi essa edição de luxo, comprei e me surpreendi. Sempre achei que iria ser como outro livro infantil, mas a escrita de Antoine de Saint-Exupéry é incrível.

“Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seu valores e encontram o sentido da vida.” 

O curioso é que o livro foi escrito durante o período da Segunda Guerra Mundial, visto que Saint-Exupéry, participou em pessoa da guerra como piloto da sua amada França. Eu não vou prolongar muito a resenha, porque esse livro, só lendo pra entender.Como eu disse a minha é uma edição de luxo, publicada pela editora Geração, o livro é de capa dura. E conta com nova tradução, fotos e estudo sobre a vida e obra do autor. Recomendo muito!

Aniversário Do Blog – Post Millennial

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Numa tarde monótona no meu quarto. Sem saber ainda o que quero fazer da vida. Eu, celular e wi-fi.

Começo com uma olhada no Instagram. Curtos algumas fotos e talvez poste uma. Em seguida, pesquiso sobre a história da moda e fico inspirada. Vejo fotos bonitas no Pinterest e escrevo um post no meu blog. A história do hip-hop também me interessa. Acabo criando várias playlists no Spotify. Old school, underground, west coast e rap nacional. Tudo organizado, do jeitinho que eu gosto.

Leio sobre política e feminismo, mas não me limito apenas à um lado da história, preciso formar minha opinião sobre os assuntos. Leio livros on-line sobre estilo, bolsa de valores, amor próprio e fotografia. Faço download de um aplicativo legal que promete ensinar um língua nova e tento aprender francês sozinha. No Youtube acho uma garota que faz tutoriais de maquiagem. Quando percebo já assinei um canal de beleza, culinária e outro de música.

Uma vez alguém disse que conhecimento nunca é de mais, eu concordo totalmente. Minha geração foi abençoada com a internet, que quando usada com sabedoria é uma fonte imensa de conhecimento. Por que eu desperdiçaria isso? Logo eu, que quero saber fazer um pouco de tudo e de tudo um pouco.

———————-

Hoje o blog faz 2 anos! Por isso eu resolvi escrever esse post sobre mim – bem millennial haha -, para agradecer todos que acompanham meus posts, já comentaram, curtiram ou só olharam. Eu amo esse blog e espero continuar por aqui mais alguns anos.Obrigada!